Por Geovanna Domingos

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Tão perto.... Tão longe

Como ouvir 7 things  da Miley Cyrus sem lembrar de você? Como andar pela rua da minha avó e não lembrar de você? "Não chora", as pessoas dizem, "Ele não te merece, mas ele também gosta de você.". Como não chorar? Amanhã nem vou te ver, ao menos que você resolva aparecer na porta da escola andando de bicicleta e passar "sem querer" perto de mim. Eu ouviria a sua voz de novo, você olharia para mim e daria aquele sorriso que só fica entre eu e você, sinto uma dor aqui dentro, mas se é você o motivo dessa dor então não tem problema para mim. Sei que estou sendo uma idiota por falar assim, mas tem uma hora que a gente cansa de mentir, para todo mundo e para nós mesmos, quando chegamos nesse limite jogamos tudo pro alto, porque já estamos exaustos de negar oque sentimos. 
Você me faz rir, me faz chorar, agora por exemplo estou chorando por você. Nunca fui o tipo de pessoa que chorava por essas coisas bobas. Ta vendo que você faz?! 
Não sei mais oque escrever sobre você, sobre aquele dia na cantina que sentamos na mesma mesa? Naquele dia que você estava na frente da minha sala me olhando? 
Quando eu te vi sentado na mesa que EU costumo sentar TODOS OS DIAS, tomei um susto! O que você acha que estava fazendo lá? Você sabe muito bem que eu sento lá. E oque você estava fazendo hoje na hora que o sinal do intervalo bateu na porta da minha sala se SUA sala é a sala de BAIXO!? Acho que eu cansei de tentar entender, como diz a Manu Gavassi. Então vou deixar o tempo me explicar isso, ou você pode me explicar se quiser. Manhã vê se aparece na porta da escola com sua bicicleta antes de eu entrar, me procure e de aquele sorriso que apenas eu vou perceber.

Postar um comentário

As palavras que eu te dei

Eu me joguei no sofá. O silêncio veio me receber. Suas coisas já não estavam mais no meu apartamento. A gente cansou de brincar de se gost...