Por Geovanna Domingos

domingo, 16 de julho de 2017

Sou uma amiga ruim?

Estava conversando esses dias com uma amiga pelo Whatsapp, falávamos sobre amor, relacionamentos, ficadas e rolos. Assuntos importantes na vida de uma garota de 17 anos. Na verdade parecia um monólogo, já que apenas a minha amiga falava. Mas tudo bem, tem preferencia quem tem mais história para contar.
Mesmo assim ela insistia, sabe Deus porque, em pedir meus conselhos sobre sua vida amorosa. Péssima ideia já que eu também não sei de nada. até já achei que sabia de alguma coisa, mas quem eu estou querendo enganar?
Meu coração já foi partido em milhões de pedacinhos várias e várias vezes, beijei alguns sapos crente que estava caminhando para o meu final feliz com o meu príncipe. Está vendo porque não sou a melhor pessoa do mundo para dar um conselho amoroso?
Mas tudo bem, tenho outro defeito, não sei ficar de boca fechada, se me perguntam alguma coisa, respondo sem rodeios, na lata, 100 % sin-ce-ra!!!! Não preciso falar mais nada né?
Não sou mais uma participante do jogo do amor (nossa Geovanna, que coisa mais cafona de se dizer!), pois é, mas acabei virando uma grande observadora. E descobri que sou boa nisso.
Não tinha percebido que estávamos na era em que todo mundo está se desapegando, as pessoas não se entregam mais, todo mundo só se pega, ninguém se Apega ( okay, parei por aqui com as frases de efeito). Hoje em dia ser romântico, demonstrar que está gostando de alguém, ou simplesmente em esperar encontrar o ser especial virou coisa de idiota, de gente trouxa.
Nãooooo, a moda agora é sair, ir para um bar e tentar beijar o máximo de bocas que conseguir em uma noite. As pessoas não saem mais de casa procurando o amor, ou acreditando que vão se apaixonar, elas voltam mais vazias para os seus lares.
Podem me zoar, mas sou do time dos ´´trouxas´´, do que ainda acreditam que existe alguém especial, que existe o momento certo na hora certa.
Você pode encontrar o amor em qualquer lugar. Foi esse o conselho que eu dei para essa amiga que estava desesperada porque ela me disse que estava desistindo de encontrar alguém descente, que já estava cansada e ia ser a mais nova integrante do time dos desapegados que pegam todo mundo sem nenhum sentimento.
Como resposta enviei aquela música do Frejat : Segredos.
Ah, pode não parecer, mas eu continuo procurando um amor que seja bom pra mim....

Postar um comentário

O nosso bagunçado

As pessoas mudam. Os gostos, as opiniões, o jeito de se vestirem e até o que elas sentem. Um dia estão amando imensamente, como se não houv...